Tavernas de Heöe

1) Taverna das 1000 bebidas

Localização:
Bebidas:
Comida:
Mesas:
Atendimento:
Acomodações:
Preço dos produtos:

Esta taverna foi fundada pelo bêbado mais sóbrios já encontrado, Cordanus, um bêbado capaz de fabricar bebida mesmo estando bêbado. O inicio de seu empreendimento foi um fiasco, até desenvolver um sistema de fabricação de bebidas mais rápido que ele conseguia beber. Suas bebidas são muito boas, mas o grande sucesso (e perdição) de sua taverna não é nada disso é a eterna promoção que ele patrocina: “Traga uma bebida e ganhe outra!”, como diz a placa na frente do seu estabelecimento.

Seu estabelecimento só aceita como pagamento de bebidas outras bebidas, onde acaba lucrando apenas com a venda de comida pelo chefe Gorbaleno, cozinheiro gordo de mão cheia, sempre carregando montes de comida e colocando dentro de seu forno especializado em carnes a moda do javali (animais preparados inteiros no fogo do forno).

Assim Cordanus obteve um acervo de bebidas maiores do mundo, cujo os barris e odres cercam todo seu estabelecimento, mas devidamente lacrados e catalogados contra os ladrões mais astuciosos e bêbados que possam vir a afanar suas preciosidades.

Coranus também aprendeu a desenvolver bebidas a partir das que recebeu, bastando tomar poucos goles para ser capaz de fabricar uma bebida extremamente semelhante a recebida. Dois fatores atrapalham seu negocio é claro, o tempo e bebidas mágicas. Por isso magos que possam acelerar a idade das bebidas ou encantá-las sempre são bem vindos para beber de graça, dês que suas magias funcionem e não estrague a bebida.

2) Barraca do lado

Localização:
Bebidas:
Comida:
Mesas:
Atendimento:
Acomodações:
Preço dos produtos:

Para aqueles sem bebidas para tomar as boas bebidas da taverna das 1000 bebidas, Goblum, um globim, fundou uma barraca do lado da Taverna das 1000 bebidas, que fornece bebida por dinheiro.

Essa barraca é movida por dois porcos verdes e produz uma bebida com gosto peculiar, ao qual Cordanus aceita como troca por suas bebidas (mesmo que não dê as de melhores qualidades), segundo ele, o goblim é o único que consegue fazer essa bebida e nem ele conseguiu descobrir seu segredo. É uma bebida de gosto adocicado e forte chamada de Goblumber pelo goblim. Com a barraca do lado, Goblum consegue tirar um bom dinheiro, e os viajantes tomar algumas das bebidas exóticas da Taverna das 1000 bebidas.

O segredo da Goblumber é um segredo, mas vocês podem divagar sobre sua origem.

3) Taverna da caveira negra

Localização:
Bebidas:
Comida:
Mesas:
Atendimento:
Acomodações:
Preço dos produtos:

Nesta taverna todas as canecas são feitas de crânios, a maioria de monstros trazidos por heróis. Seu dono é um Necromante, que não contrata guardas costas, pois os crânios podem criar vida e atacar ao seu comando. Quem trouxer um crânio de uma nova criatura pode se beber de graça por alguns anos dependendo da raridade da criatura (1 ano / ND).

4) Taverna do crânio vermelho

Localização:
Bebidas:
Comida:
Mesas:
Atendimento:
Acomodações:
Preço dos produtos:

Estalagem onde assassinatos são contratados da forma mais macabra possível: ao pedir para beber no crânio de uma pessoa o atendente diz o preço, a data e a bebida e como que a caneca, então na próxima visita a pessoa poderá beber no crânio já ornamentado para beber com a bebida pedida. É preciso dizer que poucas pessoas realmente serão atendidas se pedirem dessa forma, apenas aquelas que o atendente sentir realmente estiver interessado em matar alguém e capaz de pagar pelo serviço, caso contrario será expulsa da taverna por falsas acusações. A maioria das pessoas acreditam isso ser apenas uma lenda, e que os crânios usados são de bêbados condenados a morte por dever a taverna.

5) Taverna dos macacos loucos

Localização:
Bebidas:
Comida:
Mesas:
Atendimento:
Acomodações:
Preço dos produtos:

Estalagem onde macacos servem as bebidas, fundada por um treinador louco de macacos.

6) Taverna dos 113 bêbados (ver nome melhor)

Localização:
Bebidas:
Comida:
Mesas:
Atendimento:
Acomodações:
Preço dos produtos:

Manote é um grande empreendedor, comprou toda uma torre pra fazer uma da maior e melhor taverna que alguém poderei encontrar. Montou na torre alguns andares e esperou os clientes lotarem o local. De fato as pessoas lotaram a parte inferior do local, acabando para se acomodar nas partes superiores, mas seus funcionários (que eram poucos devido a sua avareza) tinham que subir vários andares para poder servir cada andar, isso foi uma grande dor de cabeça, para Manote, que viu um grande limitante para sua grande empreitada.
Então desenvolveu um sistema para poder atender os vários andares. Reformou toda a taverna, criando 10 andares na parte superior e 3 na parte inferior (cada um com menos de 2 metros). Uma escadaria giratória fixada nas paredes externas permite o acesso dos clientes. Os dois últimos seriam dispensa e cozinha, e no topo o reservatório para bebida, uma pequena casa ao lado foi criada para instalação de equipamentos para elevação de produtos entre outros serviços pesados, possuindo dois bois para mover um uma roda, cujo um dos propósitos e elevar as bebidas até o reservatório.
No meio da torre montou uma plataforma engenhosa que funciona similar a um elevador moderno: pesos equilibram a plataforma e o taverneiro (que é o próprio Manote, pois não confia em mais ninguém para receber o dinheiro e controlar tudo) e alguns homens fortes, que atuam como motor para puxar as correntes e cordas fazendo com que a plataforma suba e desça por todos os andares.
Tal engenhosidade, além de diminuir a quantidade de funcionários, atraiu curiosos de várias regiões. Uma placa com o nome “Taverna dos 113 bêbados” identifica, desnecessariamente, a torre como sendo a famosa taverna. O numero da placa está evidentemente repintado e torto, pois indica a quantidade de pessoas que ficaram bêbadas ao mesmo tempo em seu estabelecimento.

7) Covil do dragão Bêbado

Localização:
Bebidas:
Comida:
Mesas:
Atendimento:
Acomodações:
Preço dos produtos:

O evidente nome dessa estalagem vem do dragão que vive em seu interior.Todo dinheiro arrecadado é para a compra de mais bebidas para o dragão, que é cercado por seus “escravos”. A placa na entrada tem escrito estalagem ricada e covil em cima. Também é uma estalagem. Qualquer um cliente tem 1D20 de chance de ter sua caneca confiscada pelo dragão (e reposta logo em seguida).

8) Taverna da Hidra

Localização:
Bebidas:
Comida:
Mesas:
Atendimento:
Acomodações:
Preço dos produtos:

O dono dessa taverna é nada mais que nada menos um gigante e em seu interior mantêm uma hidra viva, mas presa, com 3 cabeças. Um dos pratos possíveis de se pedir é a cabeça de uma hidra ao molho da casa. Mas com dois preços, o primeiro é pelo preço da cabeça sem emoção e o segundo com emoção, a primeira é mais cara que a segunda, pois o próprio gigante tem que prender uma cabeça e arrancar a outra (ou prender), enquanto no caso da cabeça com emoção a cabeça tem que ser presa pelos próprios clientes. Não é preciso dizer que comer com emoção é de graça.

9) Taverna da comida difícil

Localização:
Bebidas:
Comida:
Mesas:
Atendimento:
Acomodações:
Preço dos produtos:

Essa taverna amigável é caracterizada por ter uma parede com diversas pinturas de pratos (no geral animais), para comer qualquer coisa o cliente deve ficar do lado contrario do estabelecimento e atirar uma adaga, o prato que fora acertado é o prato servido, e todos por um mesmo preço!

10) Taverna das comidas Exóticas

Localização:
Bebidas:
Comida:
Mesas:
Atendimento:
Acomodações:
Preço dos produtos:
Chefiada por um Trelfo, essa taverna se especializa em várias tipos de carnes. Faça com que os jogadores se percam no tomo de menu, oferecendo carne mais bizarras possíveis retiradas do livro dos monstros. Os aventureiros podem sair com um emprego de caçador de carne exótica.

Nova Bebida

Frutalcolica

Fruta que já possui alço fermentado em sua composição. Fica alimentado e bêbado ao mesmo tempo.