Fortemar

É uma enorme ilha, localizada no centro do oceano Kalmadoriano. Reza a lenda que nesta ilha que reinava Ang’angaron, e que foi nela onde a primeira grande batalha ocorreu, e onde ainda jaz o corpo do grande dragão imperador.

Fortemar_Map_27_06_2007_by_rsemente.jpg

Locais Importantes

Mar Handel: o comércio marítimo é intenso nesse mar, protegido pela esquadra do reino de Renja

Montanhas de Aço: Os anões fizeram sua moradia nessas montanhas, de onde extraem minérios para forjarem o mais poderoso aço de Fortemar e possivelmente de todo o mundo.

Reino Nican: Reino formado pelos soldados do exército de Nicander. O mais próximo possível dos inimigos.

Tamadur: Apesar de ser um deserto, rios subterrâneos afloram em alguns pontos formando grandes oásis, onde grandes cidades foram formadas. Seu povo comercializa todo tipo de especiarias através dos recursos dos oásis de das regiões menos rigorosas em suas fronteiras e montanhas. Nesse deserto se encontra a Torre eterna, capital do reino.

Floreta Duinath: Ocupando um enorme território esta floresta possui colinas, cavernas, montanhas, planícies e diversos outros tipos de ambientes que ela engolfa. Os elfos são os senhores dessa floresta que abriga varias tribos de diversas criaturas, como entes e águias gigantes. O mal também pode ser encontrado nela, sendo travadas guerras territoriais intensas.

Terras Selvagens: Planícies, colinas e florestas que rodeiam Duinath onde vivem diversas tribos bárbaras, vivem em uma paz fraca, mantida através de grandes batalhas entre seus campeões, e os mais diversos tipos de rituais.

Montanhas Negras: Também conhecido como floresta pétrea, é uma região infértil, onde imensos pilares de pedra elevam-se nas mais variadas alturas. No centro dessa região encontra-se a montanha dragão onde faleceu o grande Ang'alragon.

Guardia: Pequenos povoados que vivem ao sul das montanhas negras, sobrevivem a diversos horrores devido a uma antiga ordem de guerreiros santos que protegem o povo contra bandos de criaturas malignas variadas, como mortos vivos e aberrações.

Muralha de Fogo: Cadeia de montanhas que separa os reinos decadentes do grande reino de Locrois, algumas minas fortificadas fornecem minério para ambos os reinos. Criaturas como gigantes aterrorizam as minas independentes.

Mar Sombrio: Lar de diversas aberrações aquáticas, nele nunca se pode navegar seguramente, ou pescar peixes não venenosos, pois o sangue de Ang’angaron contaminou eternamente o lago impedindo que a vida comum floresça, e tornando os sobreviventes verdadeiras aberrações.

Reinos Decadentes: “Outrora reinos prósperos, hoje reinos mortos” assim diz o ditado, pois a nobreza dos magos regentes, foi substituída pela ganância e depravação. Ainda resta uma população sofrida e acuada nas muralhas das cidades, sofrendo com horrores que trafegam livres fora dos muros.

Planícies Hoffnung: Os habitantes dessas planícies gozam de liberdade e segurança graças a ordem dos cavaleiros Nuvianos (ou apenas Hoffnung), que protegem esta região montando em seus Rinocerontes de guerra.

Floresta Esquecida: Esta densa floresta é considerada assombrada, todos que tentaram explora-la retornaram sem saber o que aconteceu em sua viagem, se tornando um grande mistério e perda de tempo para quem não vê nada de interessante em tal lugar.

Colinas Raum: Estas colinas pouco povoadas possuem ruínas de algum reino esquecido. Torres vermelhas erguem-se sinistramente, hoje parcialmente enterradas e verdes devido a plantas e musgos que as encobrem.

Reino Locrois: Reino nobre e poderoso possui estreitas relações com dragões metálicos. Sua economia é baseada na grande agricultura provida pelas vastas planícies férteis. Dizem que sua rainha é uma dragonesa metálica.

Reino de Renja: este pequeno reino possui grande domínio nas artes marítimas, possuindo uma esquadra de cerca de 200 barcos de guerra, enormes portos e posição estratégica. Diversos comerciantes são descendentes das terras do oriente e fazem viagens constantes para esses reinos distantes.