Erogs

Os Meio-Orcs Meio-Elfos, ou Erogs.

Os Erogs são frutos da relação mais temida e odiada de todas, frutos da relação de um orc e uma elfa. Essa relação ocorre apenas sob o estupro da elfa, que são caçadas por orcs para realização desse ato grotesco.

É sabido que os raros frutos dessa relação são seres superiores, visto pelos elfos, e outras raças civilizadas, como demônios, e pelos orcs, e outras raças selvagens ou malignas, como deuses.

Mas freqüentemente esse ato é impedido. Os elfos costumam caçar incansavelmente os orcs que geralmente mantêm a elfa cativa, quando obtido sucesso, e dado à escolha do sacrifício a elfa, ou exílio, que significa geralmente a morte.

Quando essa caçada não obtém sucesso, ou é impossível, a própria elfa pode cometer suicídio, mordendo a própria língua ou por inanição. Quando dada a oportunidade cometem suicídios através da morte do feto, que costuma matar a própria elfa.

Mas quando as tentativas de suicídio ou o exílio não levam a morte da elfa esses seres vêem a luz, para o terror de uns ou esperança de outros.

São seres impressionantes, possuindo a nobreza dos elfos, e a força dos orcs. De pele escura variando de tons azulados até púrpura, cabelos escuros de tonalidades negras e ruivas, geralmente lisos. Seus dentes caninos são pontiagudos mas não exagerados, suas orelhas são levemente pontiagudas. Seus olhos possuem o brilho maligno dos orcs e as cores misteriosas dos elfos. Chegam a uma altura média com cerca de 10 anos, assim já capazes de uma grande independência nessa idade, mas continuam a crescer, e aos 20 anos, quando já possuem uma experiência considerável, alcançam impressionantes 2,5 metros até 3 metros, lembrando nobres gigantes de postura ereta e imponentes.

Sua personalidades também desenvolvem-se de maneira anormal, atingem rapidamente uma compreensão para o sobrenatural que os levam a entrem em contato com o seu lado místico, se tornando feiticeiros imponentes, capazes de aprimorar suas habilidades físicas de forma fenomenal.

Quando um orc consegue realizar esse horrendo feito, seu prestigio na sociedade em que vive alcança grande prestigio, chegando podendo chegar a líder da tribo ou conselheiro chefe dos mais poderosos chefes orcs. Seu filho provavelmente logo se tornará uma criatura poderosa e imbatível, capaz de destronar qualquer chefe orc, tornando assim o líder dessa comunidade.

Os Erogs criados por orcs, se tornam os lideres mais sanguinolentos, capazes de formar alianças impossíveis para orcs comuns, e formando assim estratégias de guerra avançadas que já derrubaram os mais poderosos exércitos humanos, anões ou elficos.

Mas apesar da violência e perspicácia dignas de um dragão, são famosas lendas de Erogs que se fixam em uma terra e estabelecem “reinos”, capazes de sobrepujar tanto forças destrutivas como dragões ou tribos rivais, como reinos humanos buscando defender suas terras de uma possível invasão, chegando a um equilíbrio que pode atrair até membros de outras raças em suas comunidades.

Muitos Erogs no entanto não conseguem chegar a vida adulta, pois sua comunidade será caçada fervorosamente pelos Elfos e seus aliados, até a captura da cria nefasta. Muitas vezes nesses casos, a cria é abandonada a própria sorte, esperando assim que os ataques acabem. Nesses casos os elfos deixam a cria em paz, sempre de olho a espera que a própria vida dê fim ao mesmo. Esse mesmo destino é compartilhado pelos Erogs nascidos de Elfas exiladas quando grávidas de um Erog.

Erogs criados sem a influencia de orcs crescem como indivíduos especiais, como sua herança não é facilmente reconhecida pelas outras raças, eles podem ser criados em qualquer outra cultura, impressionando assim seus pais adotivos, e logo imaginam buscar por sua origem, partindo pelo mundo em busca de seus pais, se tornando grandes aventureiros.

Lista de Raças